O Melhor da Semana N.º 113: WordPress em 2016, plugins, desenvolvimento web

Semana intensa em opiniões e propostas. Tão intensa, por exemplo, como as previsões que Noel Tock faz para o universo do WordPress em 2016. Por exemplo, diz que a questão da relevância do JavaScript ainda tem muito para andar. Imperdível.

Também imperdível, sobretudo para os programadores, é o ‘white paper’ que a Human Made criou sobre a WordPress REST API.

Esta foi a semana em que um artigo a caminho do depressivo dominou as atenções de muitos programadores. Drew diz que o desenvolvimento web está num momento triste.

Wordfence divulgou os resultados do inquérito anual sobre segurança no WordPress. Teve mais de 7375 participações. Através deles ficamos a saber que quase 39% teve o seu site comprometido nos últimos 12 meses. A equipa deste plugin de segurança conclui que “enquanto grupo”, os hábitos de segurança de quem usa WordPress são bons mas não óptimos.

A equipa de análise de plugins do WordPress.org continua a não poder integrar mais pessoas. Mas isso pode estar a caminho de mudar em breve. E tu podes ajudar.

O WordPress tem registado uma crescente preocupação com a acessibilidade. Nick Schäferhoff deixa algumas sugestões de boas e excelentes práticas.

Tens um ou mais plugins que respeitam o GPL, a licença mãe de todas as licenças no universo WordPress? Mas temes o confronto com um ou outro indivíduo mal intencionado e com defeitos de educação e comportamento em sociedade? Então este guia pode ser para ti.

Por falar em segurança, aqui fica uma interessante lista de acções para aumentar a protecção dos sites.

Outro guia, agora para uma melhor ‘limpeza’ e validação no WordPress. Do prolífico Josh Pollock.

De testes e experiências

Kevin Ohashi garante que conseguiu atingir 40 milhões de cliques diários numa VPS com 1GB de RAM e a rodar Ubuntu 14.04×64, que lhe custa 10 dólares por mês. Colocou tudo no GitHub.

Já Nicholas Griffin deixa um tutorial para criar um alojamento NGINX, WordPress, PageSpeed e HHVM.

A WebDev Studios garante que faz muitos e intensos testes de browsers para os seus produtos. E partilha o que aprendeu porque essas coisas são demoradas mas há formas de poupar tempo.

E ainda…

A malta do WP Engine fez mais um ebook. Agora é um guia para multisite destinado a iniciados.

Toda a colecção de plugins de John James Jacoby, o Stuttter project, está agora disponível no repositório.

Vagrant ou Docker, qual a melhor opção para desenvolvimento web?

Eis porque todos os programadores devem aprender a funcionar com linha de comandos.

JavaScript e WordPress, o que precisas saber.

Por fim

Interessado em aprender PHP e em construir os teus próprios temas e plugins para WordPress? O wpmudev propõe-te um curso de cinco semanas.

Deixar uma resposta