Jetpack temas

O Melhor da Semana N.º 170: GoDaddy, Sucuri, Jetpack, plugins e temas WordPress

Depois da Manage WP, a GoDaddy comprou a Sucuri. A empresa de alojamento continua o seu trajecto de voltar a ganhar a confiança perdida junto dos utilizadores de WordPress. Agora através da aquisição de um reconhecido serviço de segurança. A pergunta que se impõe: qual será a próxima?

Mika Epstein começou a semana com uma clarificação. Sobre que tipo de código podem os plugins executar. Isto depois do Jetpack ter anunciado que passa a possibilitar a instalação de temas a partir dos gratuitos que existem no wordpress ponto com. O artigo tem já um número apreciável de comentários relevantes.

Queres saber por curiosidade, por interesse ou apenas porque sim, quanto tempo de existência tem um plugin presente no repositório? Age WP Plugin é um site criado por Ahmad Awais e Maedah Batool que facilita esta pesquisa.

Ainda nos plugins, a PressShack lançou o PublishPress, um fork do Edit Flow, plugin que a Automattic desleixou durante bastante tempo.

Esta foi a semana que viu nascer o novo ‘handbook’ para os autores de temas.

James Altucher entrevistou Matt Mullenweg e descobriu mais algumas coisas sobre o WordPress.

Falemos de dinheiro

Ionut Neagu, CEO da Theme Isle e do CodeinWP, fez a edição 25 do seu relatório de transparência, falando um pouco mais do ‘caso Zerif’. Este será um dos tópicos da apresentação que vai fazer na quinta-feira, no Meetup WordPress do Porto.

Pippin Williamson decidiu fazer, pouco mais de um ano depois de ter aumentado os preços dos seus plugins, uma reflexão sobre a alteração realizada e os seus resultados.

Dependências de debug

A boa gente da Delicious Brains tem uma proposta para resolver um problema de gestão de dependências no WordPress.

Queres fazer o debug de um tema WordPress? Isto talvez ajude.

Namespaces e Autoloading foi o tema da apresentação de Tom McFarlin no WordCamp de Atlanta. E explicou tudo no seu site.

É por isto que as startups devem usar WordPress: acessível, amplo suporte e personalizável, entre outras vantagens.

Como adicionar jQuery ao WordPress de forma correcta, segundo Daniel Pataki.

Deixar uma resposta