WordPress

WordPress 4.9: widgets e personalizador a olhar para o Gutenberg

Está lançado o WordPress 4.9 “Tipton”, em homenagem ao músico de jazz Billy Tipton.

Teve o contributo de 443 pessoas, com 185 delas a registarem a sua primeira participação.

Traz 188 melhoramentos e novas funcionalidades. É uma versão que, de certa forma, prepara o sistema de gestão de conteúdos para a próxima interacção, a 5.0, que vai trazer o projecto Gutenberg.

Mas não se pense que é apenas uma versão de transição. É mais que isso.

Há mudanças importantes no personalizador, a continuidade da evolução dos widgets e a integração do CodeMirror, que vai agradar aos programadores.

Vamos às principais novidades…

Widgets com muitas novidades

Os widgets de texto passam a suportar shortcodes, imagens, galerias, vídeos, áudio e outros tipos de média, além de passaram a acolher incorporações (oEmbed), incluindo vídeos do YouTube, por exemplo.

Há até um botão “Adicionar multimédia”, como no editor de artigos.

Botão Adicionar multimédia em widget
Botão Adicionar multimédia em widget

Se quiseres podes criar galerias de fotos em widgets para apresentar na barra lateral, por exemplo.

Esta alteração obriga à necessidade de mudanças em alguns temas, para assegurar que os estilos adequados são aplicados aos ficheiros de média e incorporações que aparecem na área de widgets.

Galeria de fotos no widget
Galeria de fotos no widget

 

Mudança de tema facilitada

Um dos problemas dos widgets estava relacionado com a sua perda quando ocorria uma mudança de temas. Algo que pode ser coisa do passado a partir de agora, através de um mapeamento de widgets entre as respectivas áreas nos temas. Mas apenas mediante certas condições.

Há 3 níveis de possibilidade de mapeamento:

  • Se ambos os temas tiverem apenas uma barra lateral;
  • Se ambos os temas tiverem barra lateral com a mesma slug;
  • Barras laterais que, mesmo parcialmente, correspondam às slug de um tipo similar de barra lateral.

 

Personalizador com novas funcionalidades na gestão de temas

O personalizador integra agora, entre uma mão cheia de novidades, a nova experiência de navegação e pré-visualização de temas.

Passa a ser possível pesquisar, pré-visualizar e instalar, a partir dali, novos temas que estejam disponíveis no WordPress.org.

Podes pesquisar, escolher e instalar temas a partir do personalizador
Podes pesquisar, escolher e instalar temas a partir do personalizador

 

Ainda no personalizador temos coisas novas e importante nos ‘changesets‘. Podem ser definidos como uma forma de guardar as alterações feitas no personalizador. Há mudanças na gestão do estado, como nos rascunhos, agendamentos e outros.

O WordPress 4.9 permite que guardes rascunhos de personalizações antes de as publicar. Ou, em alternativa, que faças agendamentos.

Isto é, podes preparar mudanças no site e deixa-las em rascunho ou agendadas no personalizador para apresentar a outra pessoa e, mais tarde, aplica-las.

Mel Choyce, co-líder no desenvolvimento desta versão, apresenta um cenário potencial:

Imagina que geres uma loja online e está a preparar uma campanha de saldos. Em vez de esperares pela meia-noite para publicar o banner na página inicial, a promover os saldos, podes acrescentar essa secção na página e agenda-la para ficar online mais tarde. Depois poderá agendar a remoção desse banner, para desaparecer quando a campanha de saldos terminar.

Rascunho e agendamento nas alterações feitas no personalizador
Rascunho e agendamento nas alterações feitas no personalizador

Continuamos no personalizador…

O processo de criação de menus foi actualizado. É agora um processo apoiado por uma espécie de ‘passo a passo’.

É uma forma de evitar alguns problemas que ocorriam quando se tentava acrescentar uma página a um menu ou quando criavas um menu mas esquecias de indicar a sua localização.

A partir de agora, a criação de menus no personalizador passa a ser ‘guiada’ e mais intuitiva.

Criação de menu passo a passo
Criação de menu passo a passo

 

Melhoramentos nos papéis e permissões

Com o WordPress 4.9 chegam novas formas de gerir permissões, em particular para activar e desactivar plugins.

Por omissão, estas permissões entroncam naquelas que já existiam até agora para os papéis existentes mas vêem permitir uma maior personalização de comportamentos, prevenindo utilizadores específicos de activar ou desativar determinados plugins.

 

Cuidado com as edições

Outra novidade é a apresentação de uma mensagem de alerta aos utilizadores quando se prepararem para alterar ficheiros do tema ou plugins através do Editor disponível no painel de administração e houver a possibilidade de algo correr mal.

Se o utilizador tentar guardar alterações num ficheiro e o WordPress detectar a possibilidade de um erro fatal, a mudança não será guardada e será apresentada uma mensagem explicando onde está o problema.

O alerta no editor de ficheiros do WordPress.
O alerta no editor de ficheiros do WordPress.

Reforço da segurança

A área da segurança tem pequenos melhoramentos, que visam evitar que um hacker se aproprie da conta de um utilizador alterando o endereço de email associado a esse utilizador.

Assim, para alterar o endereço de email de um utilizador ou o endereço de email do administrador, será necessário carregar num link que consta de um email de confirmação enviado para o novo endereço de email.

 

Programadores com muitas novidades

Os programadores têm também muitas novidades nesta versão: na edição de código, em questões de acessibilidade, na integração de CSS, no widget de HTML, no editor de temas e plugins e no editor da API.

Há muitos melhoramentos na Customize JS API e na REST API.

As funcionalidades de syntax highlighting e error checking foram acrescentadas ao editor de temas e plugins do WordPress, ao painel CSS adicional no personalizador e ao widget de HTML personalizado, usando CodeMirror.

 

E ainda…

O histórico Press this, deixa de fazer parte do core e passa a plugin.

Press this é agora um plugin
Press this é agora um plugin

Os programadores que desenvolvem multisites têm também uma mão cheia de novidades relevantes.

MediaElement foi actualizado.

Há uma mudança na classe de CSS para screen-reader-text.

 

Agora é a tua vez

O WordPress 4.9 está disponível. Podes fazer o download a partir do WordPress.org ou actualizar a partir do painel da tua actual instalação. Como sempre, é fundamental fazer uma ou mais cópias de segurança do site e base de dados.

3 pensamentos sobre “WordPress 4.9: widgets e personalizador a olhar para o Gutenberg

  1. Está lançado?! ou Foi lançado?
    Traz 188 melhoramentos e novas funcionalidades?! vem com…
    Os widget de texto?! plural com singular – e um widget é uma mini-aplicação

    Se quiseres podes criar -> nunca se trata os leitores por “tu”.

    alguns temas. para assegurar -> ponto final?!

    Personalizador com novas funcionalidade na gestão de temas -> novamente plural e singular -> Personalizador com novas funcionalidades…

    nos ‘changesets‘ -> correto: nos “changesets” ou em itálico

    Infelizmente o português está cada vez pior, e nem com corretores conseguem escrever direito

    1. Obrigado pela revisão e sugestões Manuela. Aproveito apenas para informar que na Comunidade Portuguesa de WordPress trato todas as pessoas por tu. Na tua perspectiva nunca deveria tratar as pessoas por ‘tu’. Na minha, trato as pessoas por ‘tu’ quando considero que as devo tratar por ‘tu’. Obrigado pela atenção.

Deixar uma resposta