cultura de comunicação no trabalho remoto

O Melhor da Semana N.º 196: WordPress 4.9, Gutenberg, PHP 7.2 e trabalho remoto

O que nos traz o WordPress 4.9? Coisas novas nos widgets, na gestão e apresentação de media e outras coisas.

O WordPress 4.9 está em Beta 1, disponível para os habituais testes que deveria fazer parte da rotina de quem usa o sistema de gestão de conteúdos.

O Gutenberg chegou à versão 1.3.

A propósito do projecto de remodelação do editor do WordPress, Scott Winterroth escreveu uma carta aberta à comunidade a dizer que o Gutenberg não vai matar o WordPress. Mas a outra coisa que pode ser fatal…

Continuar a ler “O Melhor da Semana N.º 196: WordPress 4.9, Gutenberg, PHP 7.2 e trabalho remoto”

Gutenberg chegou à versão 1.2

O Melhor da Semana N.º 195: Gutenberg, WP-CLI, base de dados

Embora não haja ainda uma decisão final sobre que biblioteca JavaScript será adoptada para o core do WordPress e do Gutenberg, o projecto Gutenberg continua a crescer e a versão 1.2 está já disponível enquanto plugin. O suporte para metaboxes está a caminho.

Continuar a ler “O Melhor da Semana N.º 195: Gutenberg, WP-CLI, base de dados”

Facebook decidiu mudar a licença de utilização do React para MIT.

O Melhor da Semana N.º 194: Facebook e React, WooCommerce, segurança, desenvolvimento local

O Facebook decidiu mudar a licença de utilização do React para MIT. Uma decisão que aconteceu alguns dias depois de Matt Mulenweg ter anunciado que o WordPress iria desistir do React. Em conjunto com o React, também as tecnologias Jest, Flow e Immutable.js passam a usar a muito aberta licença MIT.

Mullenweg já reagiu.

Ahmad Awais pergunta se o WordPress teve alguma coisa a ver com esta mudança do Facebook.

Não se sabe, ainda, se haverá um voltar atrás do projecto WordPress para manter a linha de rumo anterior, usando React no Projecto Gutenberg. Será React, de novo, a biblioteca JavaScript (JS) com maior potencial para integrar o core?

Continuar a ler “O Melhor da Semana N.º 194: Facebook e React, WooCommerce, segurança, desenvolvimento local”

O WordPress desistiu do React.

O Melhor da Semana N.º 193: React e WordPress, JavaScript, Gutenberg, plugins

O WordPress desistiu do React. No desenvolvimento do Gutenberg e como biblioteca a integrar no core. A Automattic também irá reescrever o Calypso.

Tudo isto foi anunciado num artigo de Matt Mullenweg publicado na semana passada, numa reacção ao facto do Facebook ter optado por manter a licença para o software.

Como alternativas perfilam-se duas opções: Vue.js e Preact.js. Esta última usa a mesma API do React mas tem uma licença MIT. Ao que tudo indica, o Preact parece estar na dianteira.

Continuar a ler “O Melhor da Semana N.º 193: React e WordPress, JavaScript, Gutenberg, plugins”

O Projecto Gutenberg continua a dominar o debate na comunidade WordPress.

O Melhor da Semana N.º 192: Projecto Gutenberg, AO90, plugins com versão mínima de PHP, tutoriais JavaScript

O Projecto Gutenberg (what else?) continua a dominar o debate na comunidade WordPress.

O artigo de Matt Mullenweg, publicado na segunda-feira da semana passada, motivou quase uma centena de comentários, desde defensores desta linha de rumo como de opositores.

Continuar a ler “O Melhor da Semana N.º 192: Projecto Gutenberg, AO90, plugins com versão mínima de PHP, tutoriais JavaScript”

Fim do suporte para a versão 3.7 do WordPress

O Melhor da Semana N.º 191: Gutenberg, REST API, os desafios da 4.9 e o fim do suporte para a versão 3.7

O core do WordPress é, neste momento, suportado até à versão 3.7, que foi lançada em Outubro de 2013. Aaron Jorbin propôs a actualização dos sites que usam essa versão, correspondentes a 0,4% de todos os sites WordPress, para a 4.1. Esta passaria a ser a versão mais antiga a receber suporte. Depois de algum debate, a equipa do core decidiu transpor os sites que usam 3.7 para a 3.8 como um passo intermédio para a 4.1.

Chama-se Gutenberg por alguma razão. Matt Mullenweg decidiu falar sobre o tópico quente do WordPress por estes dias.

Continuar a ler “O Melhor da Semana N.º 191: Gutenberg, REST API, os desafios da 4.9 e o fim do suporte para a versão 3.7”