Twenty-seventeen

O Melhor da Semana N.º 148: WordPress 4.7, BuddyPress, plugins, línguas e internacionalização

Está a caminho uma nova residência WordPress, organizada pela WidgiLabs, com o apoio da Comunidade Portuguesa de WordPress. É já no próximo fim de semana e, até ver, há dois temas definidos: campos personalizados e meta e CSS 3 Flexbox.

O Twenty Seventeen foi proposto para integração no core do WordPress como tema padrão a partir do WordPress 4.7, a lançar em Dezembro. Nessa mesma versão estarão já os ‘endpoints’ da WP REST API, depois da aprovação final, cujo sucesso será medido regularmente, como adianra Brian Krogsgard.

O Customize Snapshots também foi integrado na 4.7. Vai permitir guardar como rascunho uma sessão de alterações no personalizador. Esta pode ser guardada para aplicar mais tarde ou partilhada com outros utilizadores.

Entretanto, o BuddyPress chegou à versão 2.7.

Já responderam à sondagem WordPress de 2016? De que estão à espera?

A strategy pattern dos plugins

Há procura de formas de personalizar a página de login? Eis algumas possibilidades, em plugin.

És autor de plugins que, além do WordPress, precisam de interagir com outros plugins? Talvez uses a API. E que tal usar a “strategy pattern“? Carl Alexander explica.

Achas que sabes tudo sobre as ligações permanentes? Então o olhar atento do Carlo Daniele no blog da Kista não te deve fazer falta. E daí…

Línguas e internacionalização

Com as mudanças operadas nos últimos anos, ficou mais simples escolher a língua que usamos nos respectivos sites. Mas, é sabido, nem tudo é perfeito. Para tentar resolver um dos problemas, Pascal Birchler apresentou uma proposta de discussão sobre a criação de uma ordem para preferências linguísticas.

rdem para preferências linguísticas

Num momento em que o WordPress continua a registar novidades na internacionalização, David Aguilera reuniu “seis segredos para uma internacionalização de sucesso“. Ainda falando de línguas e tradução, um dos fundadores da Weglot contou a aventura do último ano.

E ainda…

O que deves saber sobre a estrutura interna do WordPress.

Como escolher um tema para o teu site empresarial.

Automatizar o desenvolvimento local: criar um pacote WP-CLI.

Actualizar de forma responsável o WordPress.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *