Desenvolvimento do Gutenberg

O Melhor da Semana N.º 212: Gutenberg, WooCommerce, iThemes e Google

Se não houver percalços, hoje será lançado o WordPress 4.9.3. É apontado como uma versão de manutenção e correcção de problemas.

O WordPress 5.0 está previsto para Abril mas, em rigor, depende do estado de desenvolvimento do Gutenberg. Porque só há 5.0 quando houver Gutenberg integrado no core.

Na passada semana, o Meetup WordPress Porto teve uma sessão especial sobre o futuro editor de conteúdos, com a participação dos dois portugueses que fazem parte da equipa de desenvolvimento (ao todo a equipa internacional tem 9 pessoas).

Já agora, qual o futuro do desenvolvimento WordPress com o Gutenberg?

Na semana passada foi lançado o WooCommerce 3.3. Mas apenas por uns instantes. A versão, classificada como actualização menor, acabou por ser retirada por causar conflitos com alguns temas. Esta semana deverá ser lançada a 3.3.1.

Ora, por causa das inúmeras aventuras das actualizações do WooCommerce, aqui fica uma sugestão de como as fazer de forma correcta.

O negócio da semana foi a aquisição da iThemes por parte da Liquid Web. Toda a equipa da iThemes transita para a empresa de sistemas de alojamento.

Queres dar apoio ao fórum de suporte? O primeiro passo é receberes uma orientação de voluntários. A próxima está marcada para amanhã.

A Google é uma fã do WordPress. É a garantia de Alberto Medina, que faz parte da equipa de Web Content Ecosystems. Refere que a empresa dona do motor de busca está à procura de programadores especializados em WordPress para “acelerar o sucesso do ecossistema”.

Da Google chegam 12 boas práticas para gestão de senhas e autorizações para contas de utilizadores.

Sem relação directa com o WordPress mas a merecer uma atenção particular: confias nas traduções do Google Translate? Talvez seja preferível teres cuidado.

E ainda…

O que é a filosofia WordPress e porque é importante.

Campos personalizados da REST API.

O guia completo para segurança WordPress.

Os melhores plugins SEO para WordPress.

 

 

Deixar uma resposta