Como melhorar a experiência do utilizador no instalador do WordPress

Depois das alterações verificadas nos instaladores de temas e plugins, agora as atenções voltam-se para a experiência do utilizador no processo de instalação.

Uma informação activada por JavaScript pergunta se queremos mesmo instalar algo novo e, depois da confirmação, surge a sequência de passos no ecrã. Andrew Nacin não tem dúvidas: é um procedimento “old school”.

Pesquisa de plugins mais visual

Pesquisa de plugins mais visual

Continuar a ler

wordpress_harrison

O Melhor da Semana n.º46: Do WordPress e Harrison Ford

Queres criar um tema? Sabes quais são as melhores práticas, os cuidados a ter e as linhas mestras a respeitar? Um artigo que destacamos hoje dá uma ajuda.

E que tal saber como se usa Grunt para realizar desenvolvimento WordPress?

É escusado apontar as grandes vantagens do WordPress. Já as conhecemos. Precisamos, no entanto, de alguém que nos dê uma perspectiva das principais desvantagens para que possamos ajudar a criar um CMS melhor. Hoje deixamo algumas dessas eventuais desvantagens. Mesmo que algumas delas, em rigor, não o sejam.

Continuar a ler

WordPress 4.1 Beta 1 está aí no final do mês

A Beta 1 do WordPress 4.1 deverá surgir no dia 29 de Outubro. É esta a expectativa da equipa de desenvolvimento do core, que começou o seu trabalho para o novo grande lançamento no final de Setembro.

A Beta 1 representa o momento de transição no processo. A partir dessa altura não é pertmitida a introdução de novas funcionalidades ou melhorias, ficando o resto do tempo reservado para a correcção de bugs e para a documentação.

Twenty Fifteen

Continuar a ler

tempo dinheiro

O Melhor da Semana n.º45: 5 minutos para o core do WordPress, JSON REST API e taxonomias

Tudo começou há uma semana atrás. No segundo dia do WordCamp Europa 2014, na sessão de perguntas e respostas com Mall Mullenweg (vídeo já disponível). Um participante questionou-o sobre quanto tempo deveriam as empresas relacionadas com WordPress contribuir para o desenvolvimento do projecto. Matt respondeu dizendo que cerca de 5 por cento seria um bom valor e apresentou os seus argumentos. No seu blog explanou-os. Em ambos, na sala e no blog, admitiu que na Automattic ainda não tinha chegado a esse objectivo.

Continuar a ler

josemarques

Entrevista a José Marques: “Apaixonei-me pelo WordPress devido à sua simplicidade e expansibilidade”

José Marques começou a trabalhar na Automattic há uns meses. Ainda está a apanhar o jeito ao estilo e ritmo de trabalho de uma empresa famosa pela deslocalização da sua força de trabalho. É um design wrangler. Não sabe o que é? Daqui a pouco explicamos. Basta seguir esta conversa sobre os seus métodos de trabalho e as suas ideias enquanto designer.

Quando estás a desenvolver um projecto WordPress quais são as tuas ferramentas principais, em termos de aplicações, serviços?

Utilizo MAMP como servidor local devido à sua simplicidade. Como editor de HTML/CSS/Javascript utilizo o Sublime Text com algumas extensões de ‘sintax highlight’ e ‘autocomplete’. Para transferência de ficheiros entre ambientes utilizo o Transmission ou Unison. Para controlo de versões utilizo o Versions e o Github, dependendo do projecto. Tenho todos os projectos dentro do Dropbox para que possa ter acesso em qualquer lugar e faço backups diários utilizando o Amazon Glacier.

Continuar a ler