Texto alternativo no WordPress 4.7

O Melhor da Semana N.º 151: WordPress 4.7, Jetpack, Google AMP e segurança

O WordPress 4.7 está cada vez mais perto e esta é uma das grandes versões, repleta de novidades para utilizadores e programadores.

Uma delas diz respeito ao texto alternativo (alt) nas imagens. Até agora, caso uma imagem não tivesse um valor no texto alternativo, o WordPress usa a legenda ou título da imagem, por esta ordem.

Com a versão 4.7 esta funcionalidade desaparece. Porquê? Porque a equipa do core considerou que era uma má experiência do utilizador e prejudicava a acessibilidade. A partir de agora, os utilizadores devem fazer aquilo que deveriam sempre fazer: introduzir o texto alternativo nos ficheiros de imagem que carregam no site.

Com a nova versão, os utilizadores poderão escolher a língua com a qual preferem editar os seus perfis. Por exemplo, o site pode estar em português mas o utilizar pode preferir ter o seu perfil em inglês.

Editar perfil na língua desejada no WordPress 4.7

Entretanto, o WordPress(.)com está já a correr a infraestrutura da REST API com os novos endpoints.

Plugins

Afinal, o Jetpack atrasa ou não o funcionamento dos sites? Nada melhor que testar. Foi o que fez Matt Medeiros. Usando a mesma base, testou-a em quatro cenários e tirou as conclusões.

À procura dos melhores plugins para tipos de conteúdo personalizado? Aqui ficam as recomendações de Ahmad Aways.

Google e a segurança

A Google decidiu não dar margem de manobra a quem distribui malware, seja de forma voluntária ou involuntária. Quem for detectado nestas andanças de forma repetitiva vai ficar 30 dias marcado pelo aviso do Google de que se trata de um site infectado. Concretizando, se tiver problemas de forma constante e for marcado pelo Google, só ao fim de 30 dias é que poderá pedir a revisão da sua situação.

Já que falamos em Google, como está a correr a vossa experiência com o AMP, se é que o usam? Um artigo do The Wall Streey Journal refere que muitos publicadores estão a registar perdas de dinheiro nas receitas de publicidade.

Voltando à segurança. Esta foi a semana em que ficamos a conhecer alguns pormenores de um malware particularmente perigoso pela sua faculdade de se espalhar por todos os sites existentes na mesma conta FTP.

E ainda…

Como exportar URL WordPress numa migração

Uma introdução (completa) ao sistema de hooks do WordPress

Lista de verificação de SEO para WordPress

Migrar site para multisite

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *